Carta aberta sobre os meus erros

Eu sou um caos. Uma completa bagunça, você consegue ver isso pelo meu quarto. A vista da minha cama vislumbra quadros, garrafas de bebidas, Minions do Mc Lanche, livros, dvds e uma fileira de bichos de pelúcia. 
Isso é um problema real, tento comportar tudo que gosto no mesmo espaço. Algo que se aplica também à pessoas. Tento agradar todo mundo e sério, isso nunca vai dar certo. 

Sou apressado demais e as vezes não penso muito no que faço, isso já me levou a esquecer vírgulas, pontos, acentos e até mesmo palavras nos meus textos. Fora as coisas que fiz sem medir muito o que aconteceria e o problema é que nunca quis chatear alguém, minhas ações em boa parte possuem boas intenções. Só que de boa intenção o inferno tá cheio. 

Por mais que escreva sobre, tenho muitas dificuldades para falar sobre meus sentimentos e isso leva a alguns mal entendidos, não sei lidar com meu ciúmes, com críticas e frustrações. Acabo guardando comigo e quando solto, é um caos. Eu explodo. Chego a ser imaturo e por vezes babaca. 

E até poderia colocar a culpa desse meu jeito recluso nas vezes que quebrei a cara no passado, mas a verdade é que isso é errado. É muito errado deixar experiências negativas nos frustrarem pro futuro. São pessoas, momentos e histórias completamente diferentes. E esse é outro erro meu. 

Existem coisas que me arrependo de ter feito, de ter dito e até mesmo de não ter falado. É mentirosa a pessoa que do alto do seu orgulho diz “não se arrepender de nada”. O fato de me arrepender não tira a lição que cada um desses pequenos erros me dão. 

Aprendi a ser empático, mais calmo e a ouvir. Sempre fui de falar muito, mas pra falar você precisa escutar. 

Amadureci, é fato. Mas ainda sou moleque e tenho muito pra aprender.

Por isso, desculpa te trazer pra essa bagunça, mas chega a ser engraçado como ela ficou um pouco mais organizada depois que você entrou aqui.

Quase como se a nossa bagunça se complementasse. 

Sei que não sou perfeito, passo longe disso. Provavelmente vou continuar errando, óbvio que tento melhorar, mas certos aspectos em mim são imutáveis e eles só irão amenizar. 

Erro muito e reconheço. Desculpa pelo passado e até mesmo pelo futuro, mas saiba que com você o meu presente parece um pouco mais certo. Ou menos errado. 

É complicado mudar, mas pessoas como você sempre vão me incentivar a melhorar. 

Me segue no twitter! https://platform.twitter.com/widgets.js

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s