Já pensou em nós dois?

E na leveza que podíamos ter, o teu olhar sereno ao acordar vai complementar o feixe de luz invadindo o meu quarto por uma fresta esquecida aberta na janela. Eu te envolvo por trás enquanto você se espreguiça na beira da cama, te trazendo de volta ao colchão pra gente perder mais um tempo aqui. É sábado, deixa as horas correrem. Você vai sorrir dizendo que já é tarde e eu vou fazer graça respondendo que ainda tá escuro cobrindo nós dois até a cabeça. Você vai me chamar de otário, me dar um beijo e sair da cama, dizendo que me espera na cozinha.

Pensa na graça que serão as nossas oposições, você vai tentar me convencer a ir no Frutaria e eu insistirei no Outback, a conclusão vai acabar no América, você vai de salada e eu de hambúrguer, você com suco e eu refrigerante, a sobremesa vai ser outra discussão que daria um texto por si só. Na academia você vai pro spinning enquanto eu levanto peso, se mexer muito nunca fez parte do meu dia-a-dia. O teu dia começará às 8 e o meu só depois do almoço, você vai passar a tarde estudando e eu dormindo. Não vou nem comentar das nossas decisões na noite, você tequila e eu vodca. Mas tudo vai fazer sentido quando desistirmos de qualquer balada pra nos jogarmos no sofá e escolher os filmes pra maratona. A pipoca será com manteiga porque entre quatros paredes é muito mais fácil te convencer.

Você vai dar pitaco na minha roupa e mandar pedir delicadamente pra eu trocar a calça, vai desistir quando ver que eu mantive o chinelo no pé e vai começar a ser afetada pelo meu estilo, em dado momento vai começar a vir pra cá de pijama e pantufa. Os banhos serão demorados, principalmente se forem acompanhados, o azulejo gelado vai tentar esfriar a nossa chama, mas a proximidade dos nossos corpos irá mantê-la acesa.

Vou te ensinar a dirigir e te ver chorar por não conseguir estacionar o carro na vaga, vou ficar fascinado pelo sorriso que você dará quando aprender a andar de bicicleta. Vou ficar fascinado pelo teu sorriso constantemente.

Eventualmente chegaremos no ponto biscoito x bolacha – óbvio que eu ia falar sobre isso, se não, não seria nós dois – e essa discussão não terá fim, você vai jogar na minha cara quando eu falar bolacha sem querer e eu jogarei na tua quando você falar biscoito.

Minha irmã te adora e o Chico deixa você passar a mão nele parte mais difícil dessa ideia você já conseguiu, introduzir ao resto da família vai ser batata-doce (pra não engordar).

Pensa em nós dois e em como faremos almoço e jantar juntos, em como nossos apartamentos serão nosso refúgio do mundo, pensa na chácara dos meus pais e na quantidade de vezes que fugiremos da cidade para passar a noite por lá. Pensa na piscina com a lua brilhando nas nossas peles molhadas, sentiu a felicidade desse pensamento? Não iremos nos rotular, seremos amigos, confidentes, parceiros. Seremos nós. Seremos simples.

Imagina como nós dois vamos nos entender, reconheço teu humor pelo bom dia, tua malícia pelo tom de voz, teu ânimo pela postura, tuas intenções pelo perfume e teus segredos pelo olhar. Somos livros que ambos já lemos, re-lemos e decoramos as falas. Só que mesmo assim sempre acabamos surpreendidos de alguma maneira. Acredito que essa seja a tua maior graça, você tem uma capacidade particular de sempre superar minhas expectativas.

Já conheço os segredos que se escondem por trás do castanho dos teus olhos. Quero descobrir o que está por trás das cores das tuas roupas. Teu short vai combinar com o meu tapete e o teu cabelo escuro contrastará com o branco do meu lençol, deixa a tua unha vermelha e brinca que as marcas nas minhas costas são restos de esmalte. Você vai fazer graça quando eu gaguejar e a tua bochecha será alvo constante dos meus dentes, tua barriga, lábio e pescoço não serão esquecidos. Tuas pernas serão marcadas pelas minhas unhas e até o teu cabelo será bem cuidado – fontes quentes afirmam que eu tenho o melhor puxão de cabelo da região – todas as parte dos teu corpo receberão um tratamento único, digno de princesa, mas sem a delicadeza de um príncipe. Vamos fazer dos nossos quartos palcos de um show sempre a meia luz.

Imagina nós dois virando conto, crônica e poema, imagina os textos que vou te escrever e em quão bonita a nossa história pode ser, essencialmente porque a nossa história vai envolver você. Pensa com carinho na proposta, o tempo de validade é indeterminado, pode ser assinada no meu quarto. Imagino que já saiba o endereço.

PS.: Fiz esse último parágrafo só porque eu sei o quanto você ama um pouco de atenção. Fiz o texto pra deixar claro o quanto eu posso amar você.

Dê uma olhada na nossa loja. 🙂

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e Instagram (umquartodepalavras).

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um e-mail para umquartodepalavras@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s