Me ensina a dançar

Pega a minha mão e me ensina a dançar. Me conduz pela sala e joga meu corpo na tua cama, brinca com meu cabelo falando baixinho no meu ouvido tudo que pretende fazer comigo. Deixa a sinfonia da nossa respiração ditar o ritmo dos nossos corpos hoje. Entra em sintonia comigo e vamos juntos à qualquer outro lugar, bem longe daqui, fecha os olhos e vamos pra outra cidade, estado, país. Vamos pra outra galáxia.

Me ensina a dançar. Deixa teu corpo bem próximo ao meu e sente o meu calor te aquecer. Faz frio, mas está tão quente aqui que acho melhor tirarmos nossas camisas. Se quiser tira o shorts também, fica à vontade. Fica em cima dos meus pés e experimenta a sensação de levitar pelo quarto, sorria bem próximo à minha boca e antes de me beijar, morde meu lábio. Me provoca um pouco antes de eu ficar em cima de ti, provando cada polegada da tua pele despida.

Põe a mão na minha nuca e desliza ela devagar pelo meu pescoço, arranhando meu peito e barriga. Me gira e fica por cima de mim, me deixando mais tonto do que eu já sou. Ri da minha cara de idiota contemplando o teu corpo sob o meu e tampa ela com um travesseiro, diz que só vai tirar ele dali quando o sorriso besta sair do meu rosto, porque você tem vergonha dele.

Reclama de sede e me empurra até a cozinha, porque a casa está escura demais para você enfrentá-la sozinha. Se senta na pia enquanto eu procuro algo pra comer e ri quando eu reclamar que só tem coisa saudável na tua casa, me mostra o armário de biscoito (biscoito) e diz pra eu ir logo porque está frio demais fora da cama. Ri de novo quando eu tropeçar na ponta do tapete e derrubar o pacote no chão. Segue a tua rota até o quarto e manda eu ir atrás, “amanhã a gente limpa isso”.

Se envolve em todo o cobertor só pra eu tentar pegar alguma parte dele, se irrita quando eu perceber que no armário tem mais cobertas e fica mais puta ainda quando eu fazer uma zona nele procurando um edredom. Me puxa de volta pra cama, deita em cima de mim e me cobre. Pede o controle da televisão e coloca em qualquer canal, para quando ver que tem um show do Ed Sheeran passando no BIS, começa a cantar que eu vou calar a tua boca com um beijo. Você é boa em muitas coisas, cantar não é uma delas. Morde o meu lábio e vem pra cima de mim. Pega a minha mão e me ensina a dançar.

 

Dê uma olhada na nossa loja. 🙂

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e Instagram (umquartodepalavras).

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um e-mail para umquartodepalavras@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s