Um texto sobre nós dois

recomendo ouvir essa música ao ler o texto

Eu nunca fui muito com a cara dos seus amigos, não por ciúmes ou qualquer coisa do gênero, mas porque eles tinham uma rispidez fora do comum quando falavam comigo, até parecia que eu tinha feito algo à eles, provável era a minha cara de poucos amigos, só que nada me tira da cabeça que metade deles queriam ficar com você, afinal quem não iria querer?

Nem todas as coisas que escrevi quando estávamos juntos foi pra você, mas os melhores textos foram. Escrever sobre você me deixava particularmente, às vezes fecho meus olhos e busco nos teus as frases que faltam para fechar alguns parágrafos.

Eu realmente te amei como nunca havia amado ninguém na minha vida, mas eu sou assim, cada vez que amo, eu amo mais do que a última vez, como se aquela fosse o amor da minha vida e eu e realmente acho que é, sou assim, muito intenso, pé no chão e sempre com a cabeça nas nuvens. Acho que você sabe disso. Eu adorava seu cabelo grande, cortá-lo não era necessário, tingir então nem se fala, uma das razões para eu te amar era o teu cabelo, ele te dava um ar jovial e isso me deixava maluco.

Eu sei que me apaixonei primeiro, é óbvio.
Essencialmente porque quando te conheci já tinha a intenção de ter algo mais, essa coisa de só amizade era disfarce, mas eu sabia que devia esperar a minha hora. Para mim a vida é feita de momentos e quando eu te conheci não era o nosso. A vida é feita de momentos e o que te conheci foi um dos mais bonitos de todos.

Eu nunca imaginei que as coisas iriam tão rápidas, quando me dei conta estava acordando de ressaca com você ao meu lado e metade do corpo fora do edredom pela segunda vez em um mês. Quando pisquei todos os meus amigos te conheciam. Quando caí na real você já era amiga da minha irmã, não era pra ter sido tudo isso. Não era pra ter sido tão grande.

Sempre passei essa sensação de proteção à ti porque eu realmente queria ser teu porto seguro, mas não só por isso, se qualquer coisa acontecesse contigo eu desabaria. Esse é o problema da entrega, ao mesmo tempo que a pessoa pode te levar aos céus, ela consegue te arremessar no chão. E dói muito.

Eu sabia que você não sentia dor de cabeça quando eu ia com beijos para cima de você, sabia também que era só um charme para eu ter que insistir um pouco mais, te conheço e exatamente por isso quando você reclamava de dor de cabeça eu te dava um beijo e desejava boa noite, te deixar com vontade é demais. E era incrível como a dor de cabeça passava rápido.

Eu sempre preferi você por cima, não por questão de facilidade ou algo assim, mas porque a sua cara era demais, só o lembrar da cena mexe com o meu ser, a mordida no lábio e o cabelo caindo no rosto eram uma combinação fatal, você fica sexy quando tem poder, se virasse presidente provavelmente te sequestraria.

Guardo comigo até hoje a foto que tiramos de costas na praia, logo antes de você fazer aquele teu book. Tenho certeza que ela se esconde em alguma parte do meu armário, é que ele é igual a sala precisa do Harry Potter, só nos mostra as coisas quando precisamos e no momento, eu não preciso de você.

Duramos quanto tínhamos que durar, não nascemos para ser estrelas que ficam ali brilhando eternamente. Passamos longe do brilho e da inocência de uma estrela. Nós somos cometas, uma bola de fogo descontrolada que ilumina o céu por um breve período de tempo, um espetáculo à parte, algo raro de se ver. Ao ir embora fomos turbulentos, deixando para trás um rastro brilhante de saudade e uma expectativa de retorno, mas ambos sabemos que não voltaremos. Somos cometas e fomos encantar outros céus.

À cometa desse texto, deixo um obrigado. É bom demais saber que um dia eu pude te chamar de minha.

Dê uma olhada na nossa loja. 🙂

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e Instagram (umquartodepalavras).

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um e-mail para umquartodepalavras@gmail.com

Anúncios

2 comentários sobre “Um texto sobre nós dois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s