10 coisas que aprendi com meu Pai

Pai

Uma das primeiras lembranças que tenho firmadas em minha cabeça sou eu e meu pai no supermercado. Eu devia ter mais ou menos uns 4 anos e pedia insistentemente pra ele um suco daquele que vinham com embalagens no formato de carro, telefone ou bichinhos de cima ele me olhou e disse “Pega lá cabeça de vento só nao conta pra sua mãe”, e assim começou essa parceria que tem dado muito certo.
Aprendi muita coisa com meu pai, e resolvi listar pequenas e grandes lições que tive com esse que é um misto de conselheiro e grande amigo.

1. Aprenda a trocar o chuveiro.

Meu pai me deu uma lição de independência quando me ensinou a trocar o chuveiro. Com 13 anos, ele me explicou o básico sobre a resistência e naquele dia eu aprendi duas lições importantes. Primeira a checar a voltagem antes de instalar o chuveiro e a segunda é que infelizmente não terei meu pai a vida toda para me ajudar sempre que um imprevisto surgir. Foi difícil entender isso, mas adivinha quem nunca mais tonou banho frio?

2. Quando a gente gosta é claro que a gente cuida.

Meu pai comprou o CD Nevermind do Nirvana alguns meses após o lançamento, isso faz mais de 20 anos. E ele continua intacto, sem sequer um arranhão logo aprendi que quando a gente ama algo de verdade temos total zelo para com tal coisa. A lição vale também para pessoas.

3. Se fulano pular da ponte você pula também?

Essa frase é típica tanto de mãe quanto de pai e me deixava maluca de raiva. Mas hoje entendo que meu pai estava me ensinando a não fazer as coisas por impulso ou só para agradar os outros.
Com essa clássica bronca ele me ensinou a escolher por conta própria, ter mais personalidade e por isso sou muito grata.

4. Tenha um cofrinho

Guardar dinheiro nunca é fácil, pois exige auto controle, mas sempre tento me lembrar que juntas minhas moedas compram muito mais que um sorvete no mercado. Confesso que hoje em dia converto todas minhas moedinhas na compra de temaki, mas a lição é muito valiosa e um dia será totalmente absorvida. Pode ficar tranquilo pai.

5. Os clássicos são os melhores.

Sejam os filmes, músicas, carros, livros ou qualquer outra coisa que remeta aos anos de adolescência dele sempre será melhor. Logo ele me ensinou tudo a respeito presenteando o mundo com mais uma jovem fã de bandas de rock antigas.

6. Agora é com você

Acho que uma das grandes diferenças entre pai e mãe é essa, mãe normalmente faz as coisas pra gente – o que é ótimo – já o pai, costuma nos ensinar a como fazer e deixar a gente se virar na tarefa. Ao menos comigo foi assim e não há como negar que desse jeito aprendi muito mais.

7. Você sabe o que é certo errado, escolha bem

Ouvir isso pode soar um pouco ríspido. No entanto, me fez entender que todas as decisões acarretam em consequências. Assim fui encorajada a pensar bem antes de dar um passo, e ao da-lo assumir o efeito de minhas escolhas, sejam estas positivas ou não.

8. Desculpar-se é importante, mas mudar é essencial. 

9. Não há nada que fita isolante não resolva.

O fio da antena quebrou? Enrole com fita isolante. A sola do tênis tá furada? Enrole com fita isolante. A arte do improviso aprendi com ele a fita pode não segurar muito tempo, mas me garantiu mais uns dias sem dor de cabeça.

10. Sempre estarei ao seu lado.

Ele sempre disse para não me importar com a falta de apoio dos outros, pois independente do que fosse estaria comigo. E até agora tem se mostrado fiel.

O velho é teimoso e eu como ele sou outra cabeça dura. Mas pai muito obrigada pela paciência e por todo amor que tem me dado, seu coração é gigante e disso eu não tenho dúvida.

Manoela Amaral – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr!

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e no Instagram!

Também estou no Instagram e no Snapchat como @manuamaral

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um email para umquartodepalavras@gmail.com.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s