A gente podia caçar Pokemon junto

A gente podia caçar Pokemon junto. Sério mesmo! Vai dizer que você não gosta daqueles bichinhos que você nem sabe o nome?

Talvez você saiba o nome de alguns deles, aqueles que aparecem logo no começo do desenho e que são os mais famosos. Talvez você saiba quem é (ou o que é) o Pikachu. Sim, esse você com certeza sabe, não é possível.

Se você não gostar de Pokemon, a gente pode só sair pra andar mesmo. É o que o jogo tenta forçar a gente a fazer, mas andar por andar é sempre bom também. Fazer uma caminhada, sentir um pouco de ar no rosto logo de manhã, dar aquela respirada mais profunda…

Andar pode ser meio perigoso de noite, então melhor de dia, sei lá. A gente pode só sair, se você não quiser dar uma corridinha comigo. Ir jantar num lugar legal, com música ao vivo. Parece legal.

Quem sabe um karaokê na Liberdade? Você já foi na Liberdade? Tem várias coisas japonesas legais por lá, porque japonês é muito louco e muito bacana também. É tipo uma rua, só que só com japoneses em todos os cantos e isso é muito louco, cara!

Não sei se você canta bem. Não me leve a mal, eu gosto da sua voz quando você fala, mas as vezes, cantar pode não ser seu melhor talento. Sabe como é. Se você não gostar de cantar, ou se tiver medo de palco, a gente pode ver outra coisa pra fazer.

Eu não sei direito do que você gosta, mas, é… A gente podia ir pro Japão! Não, acho que agora eu acabei exagerando, me desculpa. Ainda acabei voltando no assunto “Japão” de novo. Eu já falei que gosto muito desse país?

Na verdade, eu tava só buscando um pretexto pra sair com você pra algum lugar. Ou nem sair, se você quiser ficar em casa eu posso dar uma passada aí. Assim, passada no sentido de ficar um tempo, não que eu vá ficar muito ou pouco tempo. O tempo suficiente, acho que você me entendeu.

É que você é tão linda e com uns gostos meio escondidos… Eu ainda não te decifrei. Será que você não podia dar uma volta comigo pra eu descobrir?

Ou será que eu tô abusando? Eu não sei também.

Tô falando demais? Acho que eu tô. Eu sempre falo muito, aí as vezes saem umas coisas que eu disse sem pensar. Desculpa se alguma aí te ofendeu, é esse meu jeito meio tonto.

Não que eu seja tonto o tempo todo, tem horas que eu sou normal. Não tô me ajudando, né?

Olha, vamos fazer assim: a ideia de dar uma volta é genial, você mora perto de casa.

Quem sabe a gente não acha um Pikachu no meio do caminho.

 

Lucas Fiorentino – clique para me conhecer melhor.

Curta nossa página ! E se você tiver um nos siga no tumblr !

Também estou no Instagram como @lucasfiore_

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um email para umquartodepalavras@gmail.com

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s