À vontade

Traz pra cá essa calça moletom e cabelo preso, vem com chocolate, pizza e até mesmo um temaki, amanhã a gente conta caloria, hoje seremos só nós. Escolhe o filme que se não tiver no Netflix eu baixo, até como pipoca mesmo odiando quando o milho prende nos meus dentes. Pode ser comédia, drama, terror, suspense, qualquer coisa desde que hoje a gente veja no mínimo três filmes, se tiver claro a gente fecha as janelas, hoje eu não quero ver as horas passarem.

Vem com cobertor e se não tiver frio eu deixo o ar-condicionado no menos vinte e cinco. Pensando melhor, pega aquela manta toda peluda que você ama aqui em casa. Pode trazer meia que não iremos por o pé na rua, vem de chinelo, vem confortável, só não vem com calcinha bege porque calcinha bege é foda. Traz seu carregador já que você vive pendurada nesse celular, traz o teu jeito tão bonito de ficar sem graça, traz o teu perfume, traz seus cremes e sabonetes de rosto. Traz pantufa e se quiser até roupão.

Vem sem maquiagem, vem com óculos porque os filmes serão legendados, vem com bom humor porque eu vou te encher o saco. Vem pensando no agora, esquece prova, esquece trabalho, esquece dívida, esquece ex, só não vai esquecer de mim. Vem com fome que eu faço o jantar. Vem com vinho que eu faço macarrão. Vem com papel que eu te faço um poema. Vem sorrindo que eu te faço dois. Vem correndo que eu te seguro. Vem chorando que eu te animo. Vem sorrindo que eu te beijo. Vem sorrindo. Vem suja que a gente se resolve no chuveiro. Só vem logo.

Deixa seus problemas para amanhã porque hoje o seu único problema vai ser ter que lidar com as porradas do travesseiro cada vez que você perguntar o que aconteceu no filme, vem com escova porque seu cabelo vai ficar bagunçado. Traz umas cervejas para mim e uma Skol Beats para você, vem com alguma playlist bem bolada para eu rir de ti deslizando com as meias pelo chão do corredor, vem sem pijama porque eu amo te ver com as minhas camisetas, vem sem pudor. Vem com esses olhos sempre tão bonitos. Vem simples como só você consegue ser.

Vem preparada para mordidas e arranhões. Vem preparada para um pouco de carinho. Vem pilhada que hoje a gente não dorme. E você sabe: para mim o amanhã só começa quando a gente acorda. Vem e fica.

Nota do autor: recomenda-se reler o título depois da última palavra do texto.

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página ! E se você tiver um nos siga no tumblr !

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

3 comentários sobre “À vontade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s