Florescer

Ela caminha pela praia com os pés descalços e a mente avoada

vasta;

Tão vasta como o céu em cima e o oceano aos seus pés, azul como a calmaria sossegada que se instaura no coração inquieto

vasto.

Coração cheio de dores e amores, transborda como o oceano,

como as ondas: não sossega.

Como o mar: não dorme.

Dorme, menina. No peito nu de uma paixão passageira, debaixo do sol deitada na esteira, na noite tranquila depois de um dia agitado.

Acorda e vem encontrar paz no doce sal do mar. Deixa a areia ditar seu caminho e se perde, só hoje.

Esquece só por hoje.

Deixa o verão curar as feridas que o inverno deixou. Deixa o sol nascer na alma cujo frio dilacerou. Deixa que o sal do mar adoce seu dia e te polinize de paz pra você florescer bonita, menina.

Pra primavera vir e você voltar a amar.

Giovanna Veronezi (clique e conheça o tumblr dela)

Aqui no site temos um projeto que se chama Quinta Colaborativa (clique no link para saber mais sobre), toda quinta – se possível -aqui postaremos textos que vocês nos enviarem, então se você tiver algo guardado aí, nos mande, se algum amigo seu escrever, fale da gente. Você pode entrar em contato pela chat da página, ou comigo mesmo pelo Facebook. Se você não quiser que seu nome apareça podemos colocar uma abreviação ou nem colocar nada.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s