Por que namorar comigo?

Falar de si mesmo é algo difícil, inclusive para mim que sempre tenho algo a falar sobre praticamente qualquer coisa, mas nunca recusei um desafio e não será agora que irei. Namorar comigo seria legal em boa parte porque eu sou uma pessoa diferente, “mas isso é o que todo cara fala”, ok irei me explicar melhor.

Eu fui criado rodeado por mulheres em casa, meu pai trabalhava no Rio e eu morava em São Paulo, então passava muito tempo com minha mãe e irmã, além de que eu sempre fui próximo de garotas, fui um dos primeiros meninos a fazer amizade de fato com uma menina, um dos primeiros a ficar de namorinho lá atrás na segunda, terceira série, logo, entendo algo desse mundo feminino.

Desde sempre eu tive o meu pai como uma espécie de modelo a ser seguido, ele não é perfeito, ninguém é, sempre digo, mas ele dá tudo de si em qualquer coisa que faça e desde sempre eu me esforço para fazer o mesmo, eu me esforço para ser um tipo de cara “completo”, gosto de ler, o que alimenta meu intelecto, não gosto muito de me exercitar, mas já que o corpo é a morada da alma, vamos morar bem, então academia nele toda semana e eu gosto muito de conversar, passo horas e horas falando sobre tudo, o que me faz ser sociável.

Eu confesso que não sou santo, mas isso não é ruim! Que graça teria namorar um santinho? Cadê a emoção? Não sou de trair e afins, porém já fiquei com melhores amigas, com garotas que se odiavam, já fiquei com três ao mesmo tempo, já terminei coisas sem avisar de nada, já fiz muita coisa errada, porém aprendi com meus erros, agora costumo ser bem controlado, embora seja bastante impulsivo, sim esse é um problema grande, eu posso falar coisas sem pensar que acabam magoando, mas eu prometo que meus pedidos de desculpas são irrecusáveis! E conforme a maturidade vem batendo eu vou ficando menos cabeça quente e mais calmo, faz tempo que não tomo alguma atitude impensada.

Eu sou uma companhia para praticamente qualquer coisa, eu topo de tudo, acampar, viajar pro Zimbábue, Cambodja, você escolhe, posso ser uma companhia também para coisas menores, shows (desde que tenha onde sentar) baladas, festivais, festa de criança, jantares em família eu topo tudo, mas com uma condição, eu preciso de um lugar confortável para dormir, sério eu fico mal humorado se durmo mal, e eu de mau humor sou chato pra cacete.

Se você não souber algo eu me esforçarei bastante para te ajudar – desde que não envolva geometria, física ou química orgânica – eu tenho uma capacidade sem igual para achar coisas no Google, sério é um dom, eu acho praticamente qualquer resumo, isso se eu já não souber a matéria, eu sempre fui muito curioso então eu pesquisava absolutamente qualquer coisa no Google, sem brincadeira eu sei de cabeça o nome do composto ativo de uns 30 remédios e te digo para que cada um serve.

Eu escrevo – modéstia parte – bem, mas não só isso, eu sou criativo, eu vou fazer com que os nosso encontros virem contos e poemas, suas amigas irão ficar babando, e eu sei que você adora fazer uma invejinha nelas, não sou só criativo como sei mexer com os sentimentos, eu sei pôr o que sinto no papel e fazer as pessoas também sentirem, é lindo. E se não bastasse isso, eu sou a única pessoa que teve a criatividade para criar um texto listando os motivos para você ficar comigo, logo, mereço ao menos, um beijo. Não concorda?

Bruno Amador –  clique para me conhecer melhor

Curta nossa página!
Também estou no Instagram e no Snapchat: brunoamador

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s