Aos que somem

Eu tenho, você tem, ela tem, ele tem, todos nós temos um amigo, ou amiga, que simplesmente sumiu depois que entrou em um relacionamento, nada contra passar um tempo com a pessoa amada, é super normal, mas temos que nos lembrar das pessoas que sempre estiveram presentes conosco, já tive amigos que cancelaram viagens porque começaram a namorar, amigas que deixaram de frequentar bares, festas e baladas porque o namorado não gostava, eu entendo a insegurança e o medo de perder, mas eu sempre disse, a base de toda relação é a confiança.

“Ele deixa eu sair, mas é que as coisas ficam sem graça sem ele”, aí temos um problema, um problemão, nenhum cara gosta de uma garota cuja a felicidade dependa dele. Sair com os amigos é saudável, um pouco de distância faz bem, o seu mundo nunca pode se resumir à apenas uma pessoa, porque as pessoas têm um problema enorme, elas são altamente instáveis, até mesmo o cara mais linear, mais confiável possível, pode dar alguma mancada, pode cansar, somos humanos, não somos perfeitos, a recíproca é verdadeira também para as mulheres, você não são perfeitas, e ainda bem.

A amizade é um sentimento imensamente mais nobre que o amor, foi o que Vinicius de Moraes disse e quem sou eu para contraria-lo? Justificou que a amizade permite que o seu amigo seja amigo de várias pessoas, enquanto o amor, tem dentro de si, o ciumes, a rivalidade, não queremos que nossos amores amem outros também – nada contra à poligamia – o amor é tão sujo, tão podre, que vive tentando se sobrepor às amizades.

“Broes before hoes” é o lema que todos os meus amigos dizem, mas incontáveis vezes já fui preterido às namoradas, assim como também já preferi estar com a minha garota do que com os meus amigos, super normal, porém a coisa complica quando as pessoas que antes você via toda a semana, passam a ser vistas semestralmente, você percebe que a coisa complica quando seu amigo faz algum comentário tipo “caramba você emagreceu/engordou” isso significa que o cara tá há tanto tempo sem te ver, que ele reparou no seu peso, homens não reparam essas coisas a não ser que a diferença seja gritante.

Pior que os amigos que somem, são os que estão com a gente, mas não desgrudam do celular pra conversar com a namorada, eles estão ali, mas não queriam estar ali, isso é um ultraje, porque além de desvalorizar os seus amigos, você os troca pelo celular e pela namorada, ao mesmo tempo. A Bíblia devia ter em um dos seus mandamentos “Jamais passarás mais de cinco minutos mexendo no celular enquanto estiver no bar com os amigos”, isso é pecado!

Ainda tem os caras, e as garotas, que levam seus respectivos namorados para cima e para baixo, assim amiga, não é que não gostamos dele ou dela, mas caramba, têm coisas que a gente não pode falar na frente deles, ou você acha que ficaremos confortáveis de contar da sua viagem à Porto Seguro na frente do seu namorado? Óbvio que não, um assunto a menos, lembra daquela vez que a gente foi na balada e por um acaso do destino a gente deu um beijo triplo naquela sua amiga? Outro assunto a menos e de repente ficamos presos à coisas como passou de ano? Tá fácil a faculdade? Um porre. Isso quando no grupo de amigos você não tem um ex alguma coisa perdido, aí reina aquele clima chato se vocês começam a falar muito do passado.

Sempre tem àqueles casos que o casal era parte do grupo de amigos antes mesmo de ser casal, aí sim é aceitável vocês andarem pra cima e pra baixo juntos, porque vocês já sabem os podres, bem podres, um do outro e não há problema de algo ser dito, mas façam o favor de não ficar se beijando a cada instante, grato.

Quase me esqueci daqueles namorados possessivos que têm ciumes de todos os amigos da garota, ou acha todas as amigas da menina putas, vulgares e barra simplesmente todas as saídas da garota e não faz nem questão de virar amigo delas, meu conselho para você é: corre. Corre porque esse tipo de cara é aquele que vira assassino, que te tranca no quarto, que te sequestra e sabe-se lá Deus o quê. Isso sem falar que as suas amigas irão começar a te desgraçar entre elas por causa do infeliz. Mas não se preocupe, se você sobreviver ao relacionamento, elas vão te acolher como sempre, porque amizade não tem ciumes do amor, ela sabe que o bom filho à casa torna, sempre.

“Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! ” Vinicius de Moraes.

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página !

Também estou no Instagram e no Snapchat: brunoamador

Um comentário sobre “Aos que somem

  1. Obrigado.
    Um dia eu quis e quis muito dizer a minha melhor amiga oq eu tava sentindo em relação a esse sumiço e não consegui. Agora você falou por mim. E disse absolutamente tudo que é necessário.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s