Sexta nublada

Hoje a noite será nossa,
É uma sexta nublada,
Com risco tempestade de beijos
E mordidas sob a sua cama,
Acima de nós nada além de uma coberta
E o teto do seu quarto.

A televisão é nossa fonte de luz,
E o filme que nela passa nossa paisagem, Vivemos num mundo nosso,
Cuja a única regra
É não sair debaixo das cobertas,
De resto…
Vale tudo.

Respiramos o perfume um do outro, Vivemos de paixão,
Transpiramos tesão.

Nesse mundo os dias são curtos,
Duram poucas horas,
Que passam como minutos,
Por isso aproveitamos cada segundo.

Te preencho com todo tipo de sensação existente,
Te ensino que dois corpos podem ocupar dois lugares no espaço,
Ainda mais quando esse espaço for essa cama de solteiro,

A previsão de beijos e mordidas
É confirmada com um agravante,
As tuas unhas,

A tempestade deixará marcas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s