Eu não sou dos mais santos. Tu sabe bem disso. Ela tá dividindo o sofá comigo. Ele não existe mais. Nós, é isso que importa. Vós? não preciso, falo bem baixinho no teu ouvido. Eles já perceberam que entre nós tem coisa. Eu gosto de silêncio. Tu insiste em falar. Ela começou a roubar o cobertor. Ele não gosta muito de mim. Nós estamos só nos conhecendo. Vós? só ouço a tua. Eles querem saber só uma coisa, namoro ou amizade ? Eu não quero definir. Tu também não. Ela parou de falar. Ele quer que seja amizade. Nós nos definimos. Vós? só ouço a televisão. Eles estão lá na cozinha fazendo pipoca. Eu puxei de volta um pouco do cobertor. Tu me encarou. Ela pegou o cobertor de volta. Ele tá te ligando. Nós rimos dele. Vós? só ouço risadas. Eles voltaram, sem pipoca.

Eu cansei desse clima morno. Tu já sentiu minha boca se aproximando. Ela virou um pouco o rosto. Ele estaria maluco agora. Nós esquecemos deles. Vós? Só risadas. Eles estão rindo. Eu mostrei aquele dedo. Tu também. Ela cobriu nosso rosto. Ele? ninguém liga pra ele. Nós finalmente nos beijamos. Vós? só ouço pessoas falando “tira foto gente”. Eles tiram fotos. Eu não ligo. Tu começa a ficar irritada. Ela resolveu ignorar. Ele só tá aqui porque é pronome. Nós voltamos ao que interessa. Vós? só a minha pedindo para irmos pro quarto(de palavras). Eles pararam de encher o saco, o filme começou a ficar bom.

Eu fiquei encantado com esse sorriso. Tu não consegue parar de sorrir. Ela começou a tirar a coberta. Ele já nem devia estar mais aqui. Nós estamos com o cabelo meio bagunçado. Vós? risadas de novo. Eles não se contém com a nossa aparência. Eu sorrio e olho pra você. Tu se esconde entre as almofadas. Ela começa a ajeitar o cabelo. Nós ficamos abraçados. Vós? só a rouca do Batman ao fundo. Eles começam a recolher as coisas, o filme acabpu. Eu esqueci de falar dele. Tu vai ver o que Ele falou no WhatsApp. Ela dá risada porque. Ele voltou como um cão arrependido. Nós rimos dele. Vós? odeio esse pronome. Eles estão lavando a louça.

Eu sei que o texto está confuso, mas fará todo sentido no último parágrafo. Tu se levanta. Ela ajeita o short. Ele desiste das mensagens. Nós oferecemos ajuda. Vós, dizem que não. Eles são a vós, no caso.

Eu encosto de novo no sofá. Tu encosta também, virada pra mim. Ela põe a mão atrás da minha cabeça. Nós ficamos ali, olhando um para o outro. Vós, ok fiquei sem ideia. Eles percebem que não são mais bem-vindos. Eu sou Eu. Tu é ela. Ela é tu. Ele é um ex babão. Nós queremos mais. Vós virou silêncio já que. Eles foram embora. Eu franzi a sobrancelha. Tu soltou um sorriso cheio de malícia. Ela se levantou. Nós fomos pro quarto. E viramos história.

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor. No Instagram e Snapchat: @brunoamador

Bruno Amador