Em 2016 eu aprendi que o nosso jeitinho brasileiro consegue derrubar presidente e que não interessa se foi golpe ou não, você perder amigo por causa disso é babaquice. Presidentes mudam de 4 em 4 anos (às vezes), suas amizades não. Pelo menos não deveriam.

Aprendi que quem realmente quer algo tão simples quanto te ver vai dar um jeito, vai arrumar tempo e se alguma pessoa tiver que ficar insistindo nisso, desculpa. Mas não é amor. E insistir em algo não recíproco é um saco.

Que não importa o quão forte você seja, você algum dia vai cair e tão importante quanto saber cair é ter ao lado pessoas que te ajudem a levantar.

Embora às vezes seja muito bom estar sozinho, Fomos feitos pra viver em conjunto e se cercar de pessoas que te querem bem é essencial, se afaste das pessoas que te fazem mal. Eu acho que chovi no molhado nesse, mas às vezes é bom reiterar um ponto de vista.

Se põe no lugar do outro antes de fazer alguma babaquice. Lembra que da sua mãe ou irmã quando for falar com alguma garota.

Que pouco adianta um conta cheia de dinheiro se você não tiver histórias pra contar. As melhores coisas da vida acontecem enquanto gastamos o dinheiro, não enquanto ganhamos. Se desliga um pouco dos teus estudos ou trabalho e vai fazer alguma idiotice na balada, ou pega o teu carro e vai pra praia. Sério.

Que textos de signo dão like pra cacete.

Aprendi que pé atrás é uma perda de tempo, se você ver alguma oportunidade de ser feliz dá uma voadora nela. Lembra dos teus amigos? Eles estarão lá se der merda. Se for entrar na chuva, entra pra se molhar, deixa o guarda chuva de lado.

Que funk faz as pessoas se soltarem.

Que nunca, em hipótese alguma, compartilhe algo por causa da manchete. Leia a matéria e procure outras fontes, uma história sempre tem dois pontos de vistas e o teu nem sempre vai ser o certo. Isso é meio óbvio, mas dado posts recentes no meu Facebook parece que algumas pessoas se esqueceram disso.

Aprendi que existem relacionamentos que transcendem o tempo e que finais são necessários, abrem espaço para novos inícios. Não se martirize por idas, não se culpe por despedidas. Todas as pessoas saem da sua vida com um motivo e mesmo que ele não esteja aparente imediatamente, tudo irá se encaixar mais pra frente.

Que intimidade vem junto com confiança e nada nesse mundo é mais gostoso que acordar com a garota que você gosta de cabelo amassado e rímel borrado do teu lado.

Que nunca se sabe o amanhã, não vá dormir brigado com quem você gosta. Peça perdão, perdoe. Para de demorar pra responder o WhatsApp, deixa acontecer, se fazer de difícil só vai fazer a outra pessoa se cansar. Saia mais, estude menos. Lembra aquele conceito do Carpe Diem que você aprendeu em alguma aula de literatura do ensino médio? Aplica isso em 2017, leva ele pra tua vida.

Não que eu seja o dono da razão, tenho 20 anos, mas sei lá, acredito que as coisas seriam mais fáceis se a gente se colocasse no lugar do outro mais vezes.

Feliz 2017 de todos nós do um quarto 🙂

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e Instagram (umquartodepalavras).

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um e-mail para umquartodepalavras@gmail.com

 

Bruno Amador