Eu sei que somos extremamente novos para um pensamento matrimonial e que você deve levar como brincadeira as vezes que digo que irei casar contigo, mas você sabe, toda a brincadeira tem o seu fundo de verdade. Ou quase toda. Para deixar nossa brincadeira um pouco mais séria, resolvi ilustrar uma ideia de contrato pré-nupcial, com a intenção de que caso um dia essa brincadeira vire realidade eu possa falar como eu sempre estive certo sobre nós dois.

Talvez a vida nos separe, você tem sonhos constantes de sair por esse mundo afora, e eu também, dificilmente iríamos conseguir seguir um ao outro caso nossos sonhos se concretizem. Talvez você ache alguém mais calmo, magro e bonito, inteligente eu acho díficil… Mas você provavelmente achará alguém mais humilde. Talvez eu fique bêbado e faça alguma idiotice, porque nunca em sã consciência eu te deixaria. Sou muito jovem para afirmar, mas eu gostaria de ter ao meu lado. Queria ter comigo essa visão sempre leve do mundo, tão contrária à minha, sempre carregada, sempre obscura, uma visão de uma pessoa que não vê futuro nesses país aos pedaços. Você quer conhecer o mundo, eu quero conquistá-lo. E são esses opostos que me atraem em você, eu sou o Ying e você o Yang, o equilíbrio que faltava até então na minha vida.

Tendo em vista sua inconstância sentimental e como sou um homem de palavras, elaborarei aqui nosso acordo pré nupcial, uma forma de não deixar minha futura esposa escapar de mim por essas voltas que a vida dá, também assegurar que boa parte dessas suas voltas serão feitas comigo ao seu lado, se não fisicamente, pelo menos como apoio emocional, ou você realmente acha que vai fugir quando for fazer sua faculdade longe de mim? Nananinanão.

Para assegurar que essa ideia seja cumprida, me comprometo a não ficar muito acima do peso e sempre cuidar de mim, beberei menos também, meus excessos irão diminuir e serão cometidos parte deles ao seu redor a outra parte com meus amigos de confiança, fico preocupado com você bêbada e não gostaria de te deixar preocupada. À propósito você está autorizada a me bater se eu ficar muito chato bêbado. Só não bate muito forte.

Tentaremos controlar eventuais ciumes afinal sabemos que isso de ciumes é besteira, nos preferimos. Mas também nos respeitaremos, como temos feito desde então. Eu irei suportar você de TPM e de mau humor matinal, mandarei algumas mensagens esporádicas depois que você for dormir pra você acordar com aquele sorriso lindo que eu amo tanto. Você tem que se comprometer a aturar minha hiperatividade e assumir a culpa por provocá-la, quanto mais próxima você fica de mim, maior ela é, tenha consciência disso.

Aproveite seu tempo solteira, dos 21 você não passa, saiba que irei te visitar durante sua estadia em terras longínquas, sua mão será pedida entre 2024 e 2025, e aí magrela, diga adeus à qualquer modelo que você estiver pegando, a putaria terá acabado, pelo menos com eles.

Na nossa casa aceito ter qualquer tipo de animal desde que eu possa ter um cachorro que irei chamar de Borel, cozinho pra você se você prometer desfilar suas pernas desnudas pelos corredores da nossa residência toda a manhã trajando nada além de uma camiseta minha e uma calcinha sua, nos dias frios autorizo o uso de moletom se você não lotar a cama de cobertas. Eu sou desorganizado, conviva com isso, vou conviver com seu ronco e com sua fome inacabável, supera a zona.

Eu prometo que te farei sorrir sempre que possível, prometo também te dar carinho sempre que você precisar e quando não precisar também, óbvio que não irei dar apenas carinho, tesão é importante e eu sei que no fundo você gosta quando eu te provoco, você acha que sua perna abrindo um pouco e essas mordidas no lábio passam desapercebidas? Linda. E promete pra mim que você nunca vai deixar o seu cabelo curto, não combina contigo.

Meu empenho para pôr um sorriso no seu rosto quando o que você mais quiser for chorar será maior que o de um general comandando suas tropas na invasão à Normandia no dia D, falarei também menos coisas sem noção como essas. Isso tudo desde que você prometa que sempre que eu cumprir minha missão com sucesso, eu ganhe ao menos um beijo.

Com isso finalizo uma prévia do nosso acordo pré nupcial tendo como principal objetivo estabelecer condições de convivência básicas entre nós dois, claro que não abordei todos os temas, porque eu tô morrendo de sono e minha intenção essencial com esse texto era te provocar sorrisos, não te prender a mim. Você ao meu lado conseguirei com o tempo, espero.

Mas só pra ficar mais fofo, assina aqui embaixo?

                                                                       ________

Bruno Amador Oliveira (RG: XX-XXXXXX-8)

Curta nossa página! E se você tiver um nos siga no tumblr e Instagram (umquartodepalavras).

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um email para umquartodepalavras@gmail.com.

Bruno Amador