Mulher é um negócio complicado. Nunca sabe o que quer direito, mas está certa de que tem tudo sob o controle. Não tem certeza do que sente, mas jura amar hoje e para sempre. Diz que esta bem depois de uma noite entre lagrimas e soluços. Diz que quer ficar sozinha quando o que ela é mais quer é companhia. Diz que não esta com ciúmes, mas está se roendo por dentro. Secretamente quer controlar cada minutinho da sua vida, participar de cada minuto dela.

Mesmo antes de conhecer alguém especial a mulher já está pensando em tudo. Já pensa no signo. Capricorniano, 1,75 de altura, olhos azuis, cabelo bagunçado, gosta de futebol, gosta de tomar cerveja com os amigos e curte um Bruno Mars. Já tem o cara ideal? Então forma a situação ideal. Vai pedi-la em namoro com um buquê de rosas, vão namorar por exatos 4 anos e 7 meses. A culpa do término vai ser dela, já que não aguentava mais ser decepcionada. Mas pra ela, a culpa não vai ser dela, vai ser de quem? Dele.

Mas quem já se jogou de cabeça na expectativa? Ela! Cria as propias ilusões e depois culpa o proximo. Mulher pergunta pra as amigas “Amiga, você acha que ele me ama?” as amigas respondem que sim, mesmo sabendo que ele é um galinha. Mulher tem muito joguinho também. Eu te falo não mas quero que sim, mas se eu falar que não de verdade você tem que adivinhar que realmente não quero. E que às vezes sim é não, e às vezes é sim. Não gosta de barraco, mas adora ver uma briga, um drama.

Não fala as coisas, “amiga você tá gorda” “olha cara, você não é pra mim”. São raras as mulheres que tem a audácia de dizer tudo na cara dura. Mas quando fazem, valore. Quando quebram seu coração, ela quer mudar. Mudar o cabelo, mudar o guarda roupa. Talvez como uma maneira de dizer “o passado se foi, esse é o presente”. Mulher gosta de atenção, mas não gosta que fiquem em cima. Mulher gosta de desabafar, mas não quer encher o saco. Lemos todos os livros do Nicholas Sparks, rezamos pra ter um Landon Carter, Noah Jr., Will Blakelee. Mas sabemos que nunca vamos achar, porque não passam de personagens de um livro.

Nos achamos feias, gordas e horríveis, e nos achamos lindas, maravilhosas e únicas ao mesmo tempo. Estamos felizes em quanto estamos tristes. Nem eu que sou mulher me entendo! Quem dirá os homens…

Garota Prateada

Aqui no site temos um projeto que se chama Quinta Colaborativa (clique no link para saber mais sobre), toda quinta – se possível – postaremos textos que vocês nos enviarem, então se você tiver algo guardado aí, nos mande, se algum amigo seu escrever, fale da gente. Você pode entrar em contato pela chat da página, ou comigo mesmo pelo Facebook. Ou pelo email umquartodepalavras@gmail.com, só coloque no assunto “quinta colaborativa”. Se você não quiser que seu nome apareça podemos colocar uma abreviação ou nem colocar nada.

Bruno Amador