[youtube https://www.youtube.com/watch?v=4QaJV3k_Sjc]

Não sei se você já chegou, quando vai chegar ou voltar. Não sei quanto você mede, a cor do seu cabelo ou olhos, espero longas madeixas e olhos que transmitam uma felicidade poucas vezes vista neste mundo. Não sei como nos conhecemos ou conheceremos, provavelmente envolverá bebidas, sempre envolve bebidas comigo. Não sei se será à primeira vista ou à quinquagésima sexta. Não sei se escrevi certo quinquagésima. Não sei quantas chances teremos para ficar juntos, não sei se seremos duradouros logo na primeira, provavelmente não, as coisas nunca funcionam de primeira.

O que eu sei, é que nós não nos escolheremos, nós aconteceremos. Com toda a certeza não será como nos sonhos, provavelmente irá ter muita burrada, muita discussão, talvez até uma separação e volta. Iremos agir sem pensar, iremos ser intensos porque eu sou assim. Iremos errar muito. Iremos ser divertidos porque eu não aguentaria conviver com uma pessoa chata, de chato já basta eu. Iremos discutir se o certo é bolacha ou biscoito, mesmo sabendo que é biscoito. Você irá falar para eu parar no farol e eu irei responder “é sinal”, você pedirá mexerica e eu virei com tangerina, você vai querer lanche e eu irei falar que é sanduíche. Lanche é o conjunto.

Não precisa ser linda, desde que me inspire. Não precisa ser magra, desde que dê para pegar no colo. Não precisa ser culta, desde que tenha paciência para ler ao menos as coisas que escrevo. Não precisa ser paciente, desde que lide com a minha impaciência. Não precisa ser forte, desde que ature de vez em quando umas respostas atravessas, é sem querer. Não precisa beber, desde que não me impeça. Não precisa ser preguiçosa, desde que não acorde cedo aos fins de semana. Não precisa ser hiperativa, desde que ature meu fogo. Não precisa ser direita, desde que não imponha opiniões políticas sobre mim. Não precisa ser nada do que eu disse, porque eu mudo conforme as marés. Talvez precise sim de um pouco de paciência. Ou muita.

Tomara que goste de cachorros e que não tenha alergia à eles, que goste de comida italiana e que não fique regulando se eu quiser comer hambúrguer. Que não tenha muitas frescuras e coma de tudo. Que esteja pronta para escapar das festas, se esconder dentro de cômodos apertados e sobre escadarias escuras. Que não se incomode em rolar na areia ou pular na piscina de madrugada. Que se esquente em mim durante noites frias e me jogue para baixo do chuveiro nas mais quentes. Que tenha iniciativa.

Espero que tenha calcinhas de renda e um quê de sedução correndo no sangue. Espero que não consiga dormir com calor, assim podemos colocar o ar condicionado no modo freezer. Espero que perceba que eu construi esta carta através de anáforas e que dê uma rápida olhada no Google caso não saiba o que é anáfora. Brincadeira, ninguém precisa saber o que é anáfora. Espero um pouquinho de ciúmes, que passe ao primeiro beijo na testa. Espero que goste dos meus amigos. Na verdade gostar deles é pré-requisito. Espero que venha serena e decidida à passar horas deitada em algumas sextas e sábados à noite. Espero que venha com um sorriso no rosto porque eu detesto tristeza. Que venha inesperada como todas as coisas boas da vida, que venha inesperada como a chuva que refresca as tardes de verão. Que seja chuva, que inunde meu coração e faça enchente na minha alma.

Espero que esteja lendo esta carta e que goste dela. Espero que eu já tenha te conhecido, espero que esteja por perto. Espero uma história longa como os meus períodos e irreverente como os meus finais. Espero que não vá embora na primeira briga, ou na décima quinta, provavelmente teremos algumas brigas, tenho uma personalidade complicada. Eu espero que não vá embora. Espero que eu não te deixe ir embora. E que caso você vá, espero que volte e que não demore muito. E caso demore, eu espero.

P.S.: Por você eu terei paciência.

Bruno Amador – clique para me conhecer melhor

Curta nossa página ! E se você tiver um nos siga no tumblr !

Também estou no Instagram e no Snapchat como @brunoamador

Se você tiver alguma crítica, sugestão, elogio ou só queira falar conosco, mande um email para umquartodepalavras@gmail.com.

Bruno Amador