Eu quero te ver num dia que você estiver com cólica, te fazer carinho na barriga para aliviar a dor, e depois te fazer dormir nos meus braços, só eu e você. Eu quero te abraçar, te beijar, te agarrar, não te deixar ir embora, te puxar pela mão, morder a sua bochecha, o seu pescoço,quero cochichar no seu ouvido, quero te dar um beijo daqueles repentinos, daqueles com pegada. Quero te deixar arrepiada. Quero te encontrar num dia em que você estiver com dor de cabeça, te fazer cafuné, massagear a sua testa, dar um beijo nela, te dar um remédio, te dar um abraço, quero te ver bem. Eu quero te buscar na escola, na academia, passar do nada na porta do teu prédio, quero te surpreender, te mostrar que sou diferente. Quero ver um filme com você, te deixar sem graça nas cenas românticas, um filme de terror para você ficar com medo e me agarrar, quero te proteger de tudo e todos. Eu quero que você acredite em tudo que eu falo, porque eu não minto pra você, e se eu menti foi uma brincadeira, só pra te deixar bravinha e ver a sua cara quando você fica desse jeito. Eu quero te fazer ciúmes até não poder mais, e quando você tiver explodindo em ciúmes, ai eu irei te agarrar e cochichar no seu ouvido “para com isso ninguém nesse mundo é mais importante que você pra mim”. Eu quero estar ao seu lado, nas horas boas, nas horas ruins, eu quero te ver sorrir, eu quero te ver chorar, quando você chorar eu vou te consolar, eu vou oferecer meu ombro, eu vou te abraçar, eu vou te dizer “calma, eu estou com você, tudo vai ficar bem”, nada vai te afetar enquanto eu estiver por perto. Eu quero te sequestrar pra mim, eu quero bater em qualquer homem que chegar perto de você. E eu só queria mesmo, era te fazer sorrir.

Bruno Amador